subscribe: Posts | Comments

Novos marcos

0 comments
  –  Conselho de Cultura fará reunião extraordinária segunda-feira, dia 6  –

Reunião extraordinária do CPMC.

Os integrantes do CMPC (Conselho Municipal de Políticas Culturais de Foz do Iguaçu) realizam reunião extraordinária, nesta segunda-feira, 06, às 09 horas, na sala de exposições da Fundação Cultural. Durante a reunião plenária, os conselheiros de cultura irão deliberar sobre a revisão do regimento interno do órgão, a partir das mudanças elaboradas pela Comissão de Políticas Culturais, instituída pelo colegiado.

A revisão do regimento, que consta das resoluções da III Conferência Municipal de Cultura, foi definida no final do ano passado pelos conselheiros e visa a adequar a normativa de 2012 às atuais necessidades de atuação e funcionamento. Deliberativo, fiscalizador e instância de controle social, o Conselho de Cultura é o instrumento de intervenção da sociedade civil e dos órgãos governamentais nas políticas públicas de cultura de Foz do Iguaçu.

Pereira: “Aprofundar o conceito de fiscalização e controle social” (Fotos: Paulo Bogler)

O presidente do CMPC, José Luiz Pereira, explica que a revisão é uma necessidade apontada pelo coletivo, baseada na experiência de aproximadamente cinco anos de atividades do órgão. “O regimento deve responder às exigências do momento. Com a atualização, pensamos em ampliar a abrangência do Conselho de Cultura, aperfeiçoar o seu funcionamento e oferecer todas as possibilidades de participação aos agentes culturais”, expõe.

Pereira revela que a nova redação do regimento interno aprofunda os conceitos de fiscalização e controle social entre as finalidades e competências do CMPC. “Estabelecemos de forma muito clara que o Conselho de Cultura é o espaço que a comunidade tem para definir, planejar, aprovar e acompanhar a execução orçamentária das ações governamentais na cultura”, conta o presidente da instituição.

Fazem parte das principais alterações regimentais que serão discutidas pela plenária do CMPC, mudanças que buscam tornar mais efetivas a participação dos conselheiros nas reuniões ordinárias, extraordinárias e em comissões. O texto a ser analisado na plenária também propõe a criação de quatro comissões permanentes, modifica prazos e procedimentos para as convocações dos conselheiros e os procedimentos de discussão das matérias pela plenária.

A proposta de revisão do regimento do CMPC, elaborada pela Comissão de Políticas Culturais, também traz mudanças na diretoria do conselho. As alterações ampliam de três para cinco o número de dirigentes, incluindo os cargos de primeiro vice-presidente e primeiro secretário. O mandato da mesa diretora sugerido passará para dois anos. O novo regimento também descreve detalhadamente as atribuições dos membros da diretoria e do Secretário Executivo do conselho.

Entre membros efetivos e convidados, fazem parte da Comissão de Políticas Culturais responsável pela elaboração da proposta de revisão do regimento interno do CMPC: Amilton Farias (New For Life), Elza Mendes (Cidade Nova Informa), Jhonatan Vieira (Centro de Direitos Humanos), José Luiz Pereira (Casa do Teatro), Juca Rodrigues (Cia. Amadeus), Paulo Bogler (Guatá), Roberto Virgínio (Centro de Cultura Popular) e Tatiara Damas (Ecomuseu).

Visite o site do CMPC, clique aqui

SERVIÇO:
Reunião extraordinária do Conselho de Cultura

Data: segunda-feira, 06 de fevereiro, às 09 horas
Local: auditório da Fundação Cultural (rua Benjamin Constant, 62, Centro)

 

Guatá/Paulo Bogler

Auxílio

0 comments
  –  Unila lança edital para Auxílio Creche destinado a estudantes  –

A Unila (Universidade Federal da Integração Latino-Americana) está com inscrições abertas para o edital público visando à concessão de Auxílio Creche, benefício destinado a estudantes de graduação da instituição, matriculados em cursos presenciais. O auxílio é voltado a acadêmicos que sejam os responsáveis legais de seus filhos. O edital de seleção é de fluxo contínuo, com validade até 30 de novembro de 2017.

Mantido por meio da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis, a iniciativa está vinculada ao Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES). Conforme o edital, o Auxílio Creche da Unila consiste em subvenção financeira mensal, no valor de R$ 250,00 por família. Serão contemplados estudantes que comprovem vulnerabilidade socioeconômica e que tenha filhos na faixa etária de zero a cinco anos e onze meses de idade.

Para obter o Auxílio Creche, os estudantes deverão comprovar que dispõem de renda per capita de até 1,5 salários e que possuam a guarda e responsabilidade legais de seus filhos. Os interessados deverão residir em Foz do Iguaçu com os filhos. Os discentes poderão acumular o Auxílio Creche com outros benefícios dos programas acadêmicos e de assistência oferecidos pela Unila, desde que a soma não ultrapasse um salário mínimo e meio.

Para a universidade, o Auxílio Creche promove a igualdade de acesso e permanência no ensino superior público. Conforme o edital divulgado pela Unila, o objetivo do programa segue “na perspectiva de viabilizar a igualdade de oportunidades, de contribuir para a melhoria do desempenho acadêmico e de agir preventivamente nas situações de retenção e evasão decorrentes da maternidade ou paternidade”.

Os estudantes da Unila contemplados com o Auxílio Creche deverão assinar um termo compromisso contendo as obrigações que deverão ser atendidas. Entre outras exigências, os alunos deverão manter-se matriculados e frequentes durante todo o período de vigência do auxílio, ser aprovados por frequência e garantir o desempenho acadêmico, não podendo receber o Índice de Rendimento Acadêmico (IRA) inferior a seis.

Guatá com assessoria

Apuntes de una risa triste

0 comments
  –  Um conto de Hernán Rivera Letelier  –

Mi risa no sabe de peces de colores. Siempre han sido grises sus pocos peces, rigurosamentes grises. Jamás han desplegado lienzo de oreja a oreja mi torpe risa; apenas un estirar de hocico leporino en mitad de un sueño, apenas un rictus de ángel idiota cuando río solo; apenas – nadie se mueve a engaños – la mueca de la Tragedia vueltas patas arribas en mis retratos. Menos todavía sabe de carcajadas mi enferma risa, de esas que al estallar hacen aletear el alma en torno a la cara. las suyas_ de estallar alguna vez-, sonarían como de una boca llena de piezas de oro o insondable de peledas encías: tal y cual deben resonar en los sótanos del cielo de las vésanicas carcajadas de dios riéndose de si mismo.

———–

Apontamentos de um riso triste

Meu riso não conhece peixes coloridos. Seus poucos peixes sempre foram cinzas, rigorosamente cinzas. Jamais exibiu um lenço de orelha à orelha meu riso torpe; apenas um estirar de focinho leporino na metade de um sonho, apenas um ricto de anjo idiota quando rio sozinho; apenas – ninguém se move por enganos – a careta da Tragédia envolta com as patas em cima dos meus retratos. Muito menos gargalhas conhece o meu riso enfermo, dessas que ao explodir fazem vibrar a alma ao redor da cara. As suas – explodindo alguma vez – soariam como de uma boca cheia de peças de ouro ou insondável de gengivas nuas: tal qual devem ressoar nos sótãos do céu as gargalhadas insanas de deus rindo de si mesmo.

Hernán Rivera Letelier, escritor chileno.
Texto extraído do livro “Donde mueren los valientes”, Ed. Punto de Lectura. Tradução, camelolendblog.

Ainda é tempo

0 comments
  –  Inscrições de candidatos para ingresso no curso de Música foram prorrogadas até 5 de fevereiro  –

Foram prorrogadas, até o dia 5 de fevereiro, as inscrições de interessados em cursar Música (Bacharelado), conforme edital PROGRAD 002/2017. São 13 vagas para brasileiros, sendo 7 reservadas ao sistema de cotas. As normas para a inscrição estão dispostas no edital PROGRAD 140/2016. Música é o único curso da UNILA que não utiliza o Sisu para a seleção de estudantes.

Para se inscrever é necessário preencher o formulário eletrônico disponível no Portal Inscreva. Somente os estudantes que fizeram o Enem/2016 podem disputar vagas. A seleção será feita em duas etapas: nota do Enem e uma prova de habilidades específicas, conforme prevê o edital. O resultado da primeira etapa será divulgado no dia 14 de fevereiro de 2017, na página da Universidade.

Para a segunda fase será necessário preencher, entre os dias 14 e 20 de fevereiro, novo formulário eletrônico que estará disponível no Portal Inscreva (evento Processo Seletivo de Música 2017.1 – 2ª Etapa). Ao formulário será necessário anexar um vídeo, com duração de 5 a 10 minutos, e a Carta de Apresentação, na qual o candidato deve justificar a escolha de ênfase e/ou formação, e relatar sua experiência e conhecimentos musicais prévios.

O curso se divide em duas ênfases: Pesquisa em Música e Práticas Interpretativas (formação em canto, criação musical, percussão, piano ou violão). Para a ênfase em Práticas Interpretativas, o vídeo deverá mostrar uma apresentação do candidato, solo ou em grupo, de acordo com a formação inscrita (violão, canto, percussão ou piano). O candidato à formação em criação musical deve enviar vídeo com três músicas em qualquer instrumento, sendo, pelo menos uma, de autoria própria. Para a ênfase em Pesquisa em Música o candidato deve apresentar um vídeo, no qual execute quaisquer instrumentos.

O resultado final será divulgado no dia 23 de fevereiro e a matrícula está programada para os dias 3 e 4 de março.

O curso –  O curso de Música da UNILA tem duas interfaces principais: a pesquisa em linguagem musical, história e repertório; e a possibilidade de desenvolvimento técnico, estético e de performance para violão, canto e piano.

O diferencial do bacharelado em Música é, além da ênfase na pesquisa, a abertura para a música popular, através do estudo da sua história, da prática instrumental e de disciplinas como improvisação, harmonia e arranjo.

A carreira é caracterizada pela ênfase na pesquisa musicológica e etnomusicológica, voltada para o estudo da história e linguagem musical de tradição europeia ocidental e para a produção musical da América Latina e Caribe, com estudos dos processos de formação destas culturas musicais e suas particularidades.

Assessoria Unila

Pra ouvir e voar

1 comment
  –  120 histórias infantis em áudio para baixar gratuitamente  –

Para se aproveitar o finalzinho das férias e ouvir com a criançada da casa ou mesmo para preparar uma pequena surpresa no inicio das aulas, esta é uma boa alternativa. Você tem à disposição histórias infantis em áudio para download gratuito.

Trata-se de um acervo de 120 histórias, mesclando algumas mais clássicas e outras menos conhecidas, mas todas com a capacidade de encantar pela boa qualidade de gravação e performance dos narradores. Sem dúvida, uma boa maneira de se estimular a leitura nos pequenos. Elas estão disponibilizadas no Banco Internacional de Objetos Educacionais do Mec, com a chancela de domínio público. Você pode pesquisar as histórias pelo título, autor ou tema.

Para fazer o download dos áudios, basta acessar o link clicando aqui.

Guatá/CAntonio

« Previous Entries