subscribe: Posts | Comments

leader

Modus Vivendi

0 comments

  –  Um poema de Cynthia Lopes  –

ah, o mundo, este grande abatedouro
de gente, enorme moedor de vidas.
empreiteiro de silêncios e remorsos,
de que matéria é feito? quem o teceu?

jogo o pó da estrada para os céus
e espero que as estrelas nasçam. detesto
a ordem, subverto toda ordem natural.
imprecisa, minha alma é parte onírica
da matéria. pasto é todo o resto.

somos apenas bois, anônimos,
sem princípios, devastando propósitos.
simples diversão de touros.

___________________________
Cynthia Lopes é poeta e servidora pública na cidade do Rio de Janeiro, RJ.
O poema acima faz parte da antologia “Delícias”, editada em 2017. A ilustração é de Dieguito.

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *