subscribe: Posts | Comments

Estação Ciências

0 comments

  – PTI retoma atividades voltadas à iniciação científica em março  –

Estudantes de escola municipal em atividade sobre fenômenos astronômicos. (Arquivo PTI)

Atendimentos pedagógicos personalizados no campo das ciências, oficinas para capacitação de professores e roteiros de atividades para estudantes ou alunos baseados em temáticas especiais, como energia e qualidade de vida, são algumas das ações planejadas pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI), por meio da Estação Ciências, para o ano de 2018. As ações do programa serão retomadas a partir de março.

A Estação Ciências visa a promoção de iniciativas educacionais, formação de professores, e o fortalecimento da cultura científica no território. Para isso, utiliza metodologias baseadas em tecnologia e materiais de fácil acesso que podem ser adaptados às salas de aula. De acordo com o gerente do programa, Willbur Rogers de Souza, os atendimentos são agendados pelas próprias escolas da região.

Em março as atividades de 2018 serão iniciadas e, enquanto isso, a equipe da Estação Ciências faz o planejamento para aperfeiçoar as ações do programa. “Nosso roteiro tem a duração de duas horas, podendo trabalhar com até 42 estudantes que são divididos em subgrupos. Estamos remodelando as atividades pedagógicas do roteiro para ampliar a atuação que já temos”, afirma Willbur. A ação é voltada para alunos de nível fundamental I, e será composta de acordo com os conteúdos trabalhados pelos professores. A intenção é que, para 2019, a Estação Ciências amplie os atendimentos para alunos do ensino fundamental II.

 

 

Novas temáticas, mini cidade e Ficiencias Junior

Atividade no PTI. (Arquivo)

O programa tem novidades para este ano. Serão abertas vagas para bolsistas que possam atuar com a equipe pedagógica em disciplinas específicas, como matemática e química, para contribuir com os atendimentos pedagógicos. Em maio, mês que é comemorado o Dia da Energia, as atividades dos roteiros serão moldadas de acordo com os conceitos do tema. A mesma abordagem será aplicada para os atendimentos em agosto, mês da saúde e da qualidade de vida, visando a aplicação de conceitos voltados à Agenda 2030 e os novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Outra temática a ser trabalhada pela equipe da Estação Ciências para a educação de crianças e adolescentes será a sustentabilidade, por meio de uma mini cidade que está em construção na área do PTI, com previsão de inauguração em junho.

Em 2018, o programa também organiza sua sétima edição da Feira de Inovação das Ciências e Engenharias (Ficiencias), aberta para a participação de estudantes do ensino fundamental e médio do Brasil, Paraguai e Argentina. A FIciencias visa o incentivo a metodologias científicas, além da exposição de projetos que são avaliados por profissionais e concorrem a prêmios. Neste ano, a Estação Ciências realiza a primeira edição da FIciencias Júnior, paralela à FIciencias, para a exposição de projetos científicos por alunos dos níveis fundamental I e II, sem caráter avaliativo.

“A Estação Ciências foi criada para ser um subsídio do professor, tanto em termos de infraestrutura quanto de metodologia e atividades práticas, para que possamos contribuir com o município na questão da educação e modificar um pouco a forma como o ensino da ciência é encarado”, avalia Willbur. “Nosso intuito é contribuir com o desenvolvimento dessa temática e com o processo de educação da região, e formar jovens mais envolvidos, para que surjam mais cientistas, mais pesquisadores, mais profissionais nessa linha, e trazer um amadurecimento deste processo de aprendizagem”, concluiu o gerente.

______________________________________
Fonte: PTI

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *