// Sonoro ciclo | Guatá

subscribe: Posts | Comments

Sonoro ciclo

0 comments

  –  Projeto da Unila enche de música a próxima semana iguaçuense  –

Grupo africano reúne vozes e marimbas num suingue todo próprio.

.
O “Ciclo Sonoro” é um projeto de extensão da UNILA que visa contribuir com o cenário musical da região através da realização de recitais e demais atividades ligadas à música. E nestes próximos dias promete duas atividades interessantes nos palcos iguaçuenses. No domingo (20), pela manhã, na Feira Livre da JK, o concerto do Watershed and Winad Marimba Band and Choir, do Zimbabwe. Já na terça (22), no campus da Unila a atração será a argentina Orquestra del Monte. Os dois eventos serão gratuitos e abertos à toda a comunidade iguaçuense.
.
Domingo –
Pela primeira vez no Brasil, o Watershed and Winad Marimba Band and Choir é formado por crianças e adolescentes do Zimbabwe, país do continente africano. O grupo trabalha um repertório de música tradicional e moderna do seu país, utilizando de vozes, marimbas e kalimbas para desenvolver sua performance dinâmica e contagiante.

.
Watershed anda Winad já se apresentou e foi premiado em festivais e concursos nos Estados Unidos, Europa, África e América do Sul. No nosso continente, o grupo contabiliza participações no “Iguazu en Concierto”, evento dedicado à reunir músicos infanto juvenis de todo o mundo na fronteira trinacional
.
Na programação da manhã do domingo também está prevista a apresentação de grupos ligados à Universidade. O coral “Todo Canto” e o “Chorando de Alegria”, são formados a partir da iniciativa de professores e alunos do Curso de Música da UNILA.

“Orquesta del Monte”, projeto de formação de músicos e público.

Jazz, hermano

.
Terça –
 No dia 22, o palco do Ciclo Sonoro será montado no campus da Unila, na Avenida Tarquínio Joslin dos Santos. A partir das 19 horas, a “Orquesta del Monte”, originária da cidade argentina de San Miguel del Monte apresentará um repertório diversificado que vai de clássicos do jazz à música popular argentina, em arranjos especialmente criados para o grupo.
.
A Orquestra se formou faz nove anos, e o objetivo inicial foi o de se criar um agrupamento artístico que representasse San Miguel del Monte, e fosse sempre integrada por músicos residentes naquela cidade que integra a província de Buenos Aires. Tal peculiaridade fez com que o projeto começasse com um formato de orquestra-escola.
.
Atualmente, o grupo tem a conformação de uma banda de jazz, com guitarra, baixo, bateria, dois trombones e cinco saxofones. Passados tantos anos de trabalho, a “Orquesta del Monte”, como é carinhosamente conhecida nos meios musicais, continua sendo um espaço de formação e aprendizado musical. Mas agora já conta em seu currículo muitos concertos, dois discos editados, um giro recente pela Europa. Definitivamente, demonstrações de um trabalho consistente e muito elogiado.
SERVIÇO:
Domingo, dia 20, 9 horas

Concerto do “Watershed and Winad Marimba Band and Choir”, do Zimbabwe, África.
Participação especial do Coral Todo Canto e do grupo Chorando de Alegria
Feira Livre da JK

Terça, dia 22, 19 horas
Apresentação da “Orquesta del Monte”, da Argentina.
Campus universitário da Unila
Entrada gratuita
Realização: projeto de extensão universitária Ciclo Sonoro


________________________________

Guatá/fonte: assessoria

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *