subscribe: Posts | Comments

Novas letras e invenções

0 comments

  –  Prêmio de Conto Gabriel Garcia Márquez será entregue a cinco escritores  –

“O romance é como um casamento: poder organizado todos os dias, e a história é como o amor: se não funcionou, não funcionou”, disse Gabriel García Márquez. [Foto El Colombiano, de Medellín]

.
Três autores argentinos, três colombianos, três mexicanos, dois espanhóis, um de Cuba, um do Chile, um da Guatemala e um do Peru, são vencedores da 5ª edição da Spanish American Prize História Gabriel García Márquez.
.
O Prêmio de Contos Hispano-Americano Gabriel García Márquez é considerado o mais importante deste gênero na língua espanhola.
.
Organizadores selecionaram 15 escritores de oito países, informou o Ministério da Cultura e a Biblioteca Nacional da Colômbia. Deles, cinco finalistas serão selecionados e anunciados em setembro próximo.
.
O prêmio será entregue em Bogotá no início de novembro, totalizando US$ 100 mil para o vencedor e US$ 2 mil para cada um dos finalistas.
.
Os três autores argentinos pré-selecionados são Edgardo Cozarinsky e seu livro En el ultimo trago nos vamos (Editorial Tusquets); Santiago Craig, com Las tormentas (Editorial Entropía), e Pablo Colacrai, com Nadie é tão forte (Editorial Modesto Rimba).
.
Alejandra Jaramillo Morales foi selecionada para a Colômbia, com Las cretas (Skylight); Andrés Mauricio Muñoz, autor de Há dias em que nos ausentamos (Seix Barral), e María Ospina Pizano, de Azares del cuerpo (Laguna Libros).
.
Da mesma forma, os mexicanos Antonio Ortuño compõem a lista, com La vaga ambición (Páginas de Espuma); Claudina Domingo, com Las enemigas (Sexta Andar), e Carlos Velázquez, com La efeba salvaje (Sexta andar).
.
E os espanhóis: Francisco Lopez Serrano, com El Holocausto delas marcotas (Editorial Baile del Sol), e César Ibáñez París, com Los árboles de Petia (Lastura editores).
.
A lista é completada pelo cubano Legna Rodríguez Iglesias, autor de Minha namorada favorita era um buldogue francês (Alfaguara); a chilena Constanza Gutiérrez, com Terriers (Editorial Montacerdos); o guatemalteco Rodrigo Fuentes, com Trucha Panza Arriba (El Cuervo), e o peruano Paul Baudry, com o El arte antigua da falconia (Editorial Peisa).

________________________________
Guatá/ Por Montezuma Cruz. Com informações de El Colombiano, de Medellín

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *