subscribe: Posts | Comments

Arte e loucura

0 comments

  –  Acervo Bispo do Rosário é o mais novo Patrimônio Cultural do Brasil  –

Este slideshow necessita de JavaScript.

.
O acervo do sergipano Arthur Bispo do Rosário foi escolhido pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural como o mais no novo Patrimônio Cultural do Brasil. A decisão unânime saiu na quarta-feira (19) durante reunião no Rio de Janeiro.

.
Com uma vida repleta de mistérios, o sergipano Arthur Bispo do Rosário ganhou destaque no universo da arte contemporânea sem querer. Suas obras, produzidas sem o propósito de serem consideradas culturais, geraram debates sobre os limites entre a arte e a loucura. Diagnosticado como portador de esquizofrenia-paranoide, Bispo do Rosário (1909-1989) teve sua principal coleção reconhecida como Patrimônio Cultural Brasileiro.
.
A arte do sergipano de Japaratuba, que possuía diagnóstico de esquizofrenia-paranoide e morreu no ano de 1989, ganhou notoriedade no universo contemporâneo. Ela foi produzida dentro de um manicômio do Rio de Janeiro e provocou discussão entre o limite da arte e a loucura.
.
Indumentárias, estandartes, vitrines, fichários, móveis, objetos (recobertos com fio azul ou não) e vagões de espera compõem o Acervo de Arthur Bispo do Rosário formado por 805 peças.
.
As obras foram feitas com materiais como vidro, madeira, plástico, tecidos, linhas, botões, gesso, e diversos itens recolhidos do lixo e da sucata. Uma das peças mais conhecidas é o ‘Manto da Apresentação’, considerado o carro-chefe das obras.
Leia também:

__________________________
Guatá / extraído de Iphan

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *