subscribe: Posts | Comments

leader

8M na Unila

0 comments

Universidade federal aderiu à Marcha do dia 8 de março. Também prepara outras atividades internas e externa, alusivas ao Dia Internacional de Luta das Mulheres. Rodas de conversas e intervenção musical estão entre as iniciativas acadêmicas.

O Dia da Mulher, que é comemorado no dia 8 de março, traz uma agenda intensa de atividades voltadas para a valorização e conscientização dos direitos femininos.

Na UNILA, as ações também serão variadas, organizadas pelo Comitê pela Equidade de Gênero e Diversidade (CEEGED), pela Comissão Institucional para o Acompanhamento da Implantação da Política de Equidade de Gênero (CIPEG) e pelo Observatório de Gênero e Diversidade na América Latina.

O ponto alto da programação em Foz do Iguaçu é a Marcha do Dia Internacional de Luta das Mulheres, que neste ano terá o tema “Pela vida das mulheres, somos todas Marielle”. A concentração será no Bosque Guarani, com início às 18h. Do local, a marcha segue até a Praça da Paz, onde haverá fala de representantes de mais de 20 entidades e movimentos. A marcha está sendo organizada de forma conjunta com as cidades de Puerto Iguazú, onde a marcha tem concentração na Plaza San Martin, às 18h; e Ciudad del Este, onde a concentração será na Plaza de la Paz, às 17h. A Unila aderiu à iniciativa de organismo oficiais e entidades iguaçuenses.

“O trabalho [de valorização da mulher] não é construído apenas internamente, na UNILA, mas é um trabalho que precisa ser feito com toda a sociedade”, diz a professora Cleusa Gomes, que coordena o Observatório de Gênero e Diversidade na América Latina, citando não só a marcha, mas diversas outras atividades conjuntas, como os Encontros pela Diversidade. “A gente faz o casamento desses espaços da cidade e da universidade, para promover políticas pela diversidade, equidade e questão de gênero. Assim, se consegue somar esse trabalho de forma muito mais eficaz.”

.
Programação interna da Unila

Na programação do dia 8, às 14h, acontece uma oficina com o tema “A terapêutica do resgate e da cura: uma oficina sobre o feminino sagrado”, com Renata Peixoto, docente da UNILA, terapeuta com formação em Reiki, thetahealing, hipnose e hipnoseterapia, barras de access e apometria. A oficina tem vagas limitadas e as inscrições devem ser feitas pelo e-mail ceeged@unila.edu.br. A atividade será realizada no Centro de Referência em Atendimento à Mulher em Situação de Violência (CRAM).

Também no CRAM, na parte da tarde, será realizada uma feira de artesanato com exposição de produtos e objetos em homenagem a Marilu Camargo, que era artesã e tem uma longa história de lutas sociais, principalmente em favor da mulher em Foz do Iguaçu.

Às 15h, tem início uma roda de conversa a respeito da campanha “Você não está sozinha”, que está sendo lançada pela Prefeitura de Foz do Iguaçu. A roda será comandada pela coordenadora do CRAM, Kiara Heck, e pela professora Cleusa Gomes. O CRAM está localizado na Rua Padre Bernardo Plate, 1250.

A programação prossegue em todo o mês de março, em especial nos dias 15, 22, 27 e 28 – com atividades na cidade e na UNILA. Confira a programação.

Mulher, universidade e sociedade

Nos dias de matrículas dos novos estudantes da UNILA, as integrantes do CEEGED divulgavam a Política de Equidade de Gênero da Universidade e também as atividades do Dia da Mulher, na entrada da unidade Jardim Universitário.

“Infelizmente a gente vive num mundo onde ainda existem muitas desigualdades, em vários níveis, e um nível que perpetua diversos espaços e posições sociais e econômicas é a questão de gênero. Falar do espaço da mulher e da necessidade de igualdade nos âmbitos laboral, familiar, universitário, é algo que precisa ser promovido constantemente porque senão a gente acaba tendo uma resposta reativa a problemas originados por essas desigualdades”, avalia a servidora Maria Aparecida Webber, integrante do CEEGED, juntamente com Carla Gastaldin e Regiane Tonatto.

.
Intervenção Musical

O curso de Música da UNILA realizará uma Intervenção Musical no dia 8 de março no Terminal de Transporte Urbano, às 11h, a convite do Foztrans, para homenagear as trabalhadoras do transporte público da cidade e celebrar o Dia Internacional das Mulheres. As apresentações serão realizadas por professoras e alunas do curso.

_______________________
Assessoria

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *