subscribe: Posts | Comments

leader

“Água é Saúde”

0 comments

Fórum em Foz recebe inscrições. Promovido pelo Coletivo Educador, evento aberto para a comunidade vai debater segurança hídrica.

Água é Saúde vai debater (in) segurança hídrica: acesso à água, conservação de mananciais, agrotóxicos e barragens fazem parte dos temas.

Ainda sob os efeitos socioambientais do recente rompimento da barragem de rejeitos da Vale em Brumadinho (MG), o II Fórum Municipal Água é Saúde debaterá a “(In) Segurança hídrica e os impactos no nosso dia a dia”. Com inscrições abertas, o evento acontece nesta quarta-feira, às 19h, na Fundação Cultural de Foz do Iguaçu.

Organizado pelo Coletivo Educador Municipal de Foz do Iguaçu (CEMFI), o fórum é gratuito e aberto para a comunidade. A inscrição é feita pela internet, em formulário eletrônico (clique aqui). A programação contém três palestras, uma delas com Inara Rodrigues Santos, coordenadora estadual do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), e uma mesa-redonda.

Um dos gestores do Coletivo Educador, João Paulo participou nesse sábado, 16, do programa Marco Zero, do portal H2FOZ e Rádio Clube FM. Além do II Fórum Municipal Água é Saúde, ele falou sobre as atividades de educação ambiental articulada em uma rede que atua em Foz do Iguaçu e nos municípios da região.

João Paulo quer elaboração de política municipal de educação ambiental e instituir mecanismos para a sua implementação em Foz do Iguaçu. (Foto: Marco Zero)

“Queremos falar de segurança, ou insegurança, hídrica para além da temática de barragens”, frisou João Paulo. “Queremos ampliar o debate desse tema para toda a população iguaçuense, incluindo a discussão sobre o uso de agrotóxicos, acesso à água, alagamentos, descartes de resíduos etc.”, apontou.

Outras pautas

De acordo com João Paulo, o Coletivo Educador assumiu ainda o desafio de construir e elaborar uma proposta de política municipal de educação ambiental. Junto com o plano, o colegiado quer instituir mecanismos para a sua implementação em Foz do Iguaçu.

Mesa de diálogo

Água: direito ou mercadoria?
Palestrante: Gustavo Oliveira Vieira (doutor em Direito; professor de Direito Internacional e da Integração na Unila).

Agrotóxicos, água e impactos da saúde planetária na saúde humana
Palestrante: Roberto de Almeida (professor doutor e pesquisador das interações entre Medicina do Estilo de Vida, Salutogênese e Saúde Planetária – Unila)

Os impactos das barragens
Palestrante: Inara Rodrigues Santos (coordenadora estadual do Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB).

Mediação: Luciana Ribeiro (professora doutora da Unila).

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *