subscribe: Posts | Comments

leader

Eu sei…

0 comments

Um poema de Juliana Lyra

Eu sei…

Sei, ao certo que meu coração sangra.
Muitas vezes sangra e grita!
Ora, se grita é porque vive!
Se sangra é porque vibra e luta!

Sei, que muitas vezes minha voz se cala.
Tenho nós na garganta, de medo.
Tenho nós no peito e não falo,
e tua voz entre nós, entrelaço.

Sei, que no caminho meu corpo todo dispara
Eu acelero, como as palavras
Repito as sílabas, repenso, revejo…
Atiro, sufoco, sinto… E sinto muito!

Eu sei… o quanto custa o ambíguo…
A leveza do peso do sentir.
Eu tenho um coração ansioso e imperfeito
Rasgado em emoção, silenciado no peito!

Eu sei! Que os olhos falam e os lábios demonstram…
Que tudo passa e a vida é um sopro…
Sei… tanta coisa… principalmente,
que não sei coisa nenhuma…

___________________________
Juliana Lyra é professora da rede pública estadual de educação em Foz do Iguaçu, Pr.

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *