subscribe: Posts | Comments

leader

“Escrevedor de histórias”

0 comments

Projeto vai percorrer comunidades quilombolas do Paraná nos meses de novembro e dezembro

Em cada parada, será realizada uma oficina/conversa que propõe uma reflexão sobre o papel da arte e da ancestralidade na sociedade (Foto: Elenize Dezgeniski)

O ator Marcel Szymanski vai levar a performance “Escrevedor de Histórias” para seis comunidades remanescentes quilombolas do Paraná (CRQs): Adelaide Maria Trindade Batista (Palmas), Água Morna (Curiúva), Batuva (Guaraqueçaba), Feixo (Lapa), João Surá (Adrianópolis) e São Roque (Ivaí).

Em cada parada, será realizada uma oficina/conversa que propõe uma reflexão sobre o papel da arte e da ancestralidade na sociedade. O projeto prevê ainda uma publicação impressa com registros de cada vivência para distribuição gratuita em 2020.

O ator utiliza uma máquina datilográfica como objeto relacional, de escuta e de cultivo à memória, para registrar cada encontro e as histórias que dele brotam. A performance sugere um tempo/espaço em que talvez não haja computador, tampouco internet.

O clima nostálgico criado para a performance convida o público a compartilhar suas lembranças, sonhos e segredos. “Muitos se surpreendem com a experiência das palavras irem tomando forma à medida que as teclas são batidas. Para muitos, a máquina de escrever é algo inédito”, conta o ator.

O projeto conta com um diário eletrônico das histórias e vivências, disponibilizado na internet. Clique aqui para acessar.

_____________________
Da página Brasil de Fato / Texto: Ana Carolina Caldas

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *