// Festival Auê Literário | Guatá

subscribe: Posts | Comments

Festival Auê Literário

Fotos:

Veja o álbum de fotografias do Festival no Colégio Flávio Warken (atualização semanal)

 

 

 

Veja o álbum de fotografias do Festival no Colégio Gustavo da Silva (atualização semanal)

Leia também:

– A palavra e tudo mais…

Uma garrafa pode ser muitas coisas: um passarinho, uma bola ou até mesmo um poema. Há diferentes rótulos que podem ser determinados a um mesmo objeto, assim como são possíveis muitos olhares sobre a vida, as pessoas, a literatura e a arte. Respeitar a opinião do outro, dialogar com o diverso e respeitar o diferente é a lição que deve permanecer. Assim começa uma das oficinas que integram o Festival Auê Literário…

 

 – Livros, leituras e leitores – 23 de abril, Dia Internacional do Livro

Dois acontecimentos levaram a Unesco a declarar o 23 de abril o Dia Mundial do Livro. Nessa data, nasceu o escritor e dramaturgo William Shakespeare, em 1564. Ele morreu nesse mesmo dia, em 1616, assim como Miguel de Cervantes, quem inaugurou o romance moderno.
…Metade da população brasileira é considerada não leitora, diz a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, realizada pelo Instituto Pró-Livro, em 2016. Conforme o instituto, 44% dos entrevistados não leram nem mesmo parte de livros nos três meses antes da consulta. O país ocupa o 59° lugar no exame de leitura feito pelo PISA (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes)…

 

 – Elétrico processo (Artigo de Karina Moschkowich) 

Uma sociedade refém de um excesso de informações, porém apenas com recortes das cenas do cotidiano. Seres conectados com o mundo e desatentos a quem está próximo. Com acesso aberto a todas as portas que o mundo virtual concede, mas fechado para vivência em sua totalidade…

 

– Arte na escola – exercício essencial de aprendizagem significativa (Artigo de Karina Moschkowich)  

A maior conquista de um sujeito social é entender e inserir-se profundamente no contexto da comunidade em que vive.Essas relações são refletidas como patrimônio artístico desse entrelaçar dinâmico entre fazer e aprender, conhecer e questionar, recriar!A escola como componente da sociedade precisa estar presente no contexto artístico, não com padrões pré-estabelecidos de conteúdo, mas como espaço de formação de um olhar atento…

 

– Sobre a leitura de livros (Artigo de Denise de Camargo)

Ler literatura com prazer implica compartilhar significados com outros, o escritor e os outros leitores. Quando lemos, criamos imagens. Construímos significados. Vivemos experiências e realidades que outros viveram. Comungamos e brigamos, dialogamos e criticamos, nos aproximamos de outros mundos e nos distanciamos deles. Compartilhamos emoções e sentimentos que nenhum modelo mecanicista consegue descrever e explicar…

 

“Meio pão e um livro”, texto do poeta Frederico Garcia Lorca

Um fragmento do Discurso do poeta Federico García Lorca, proferido em setembro de 1931, na inauguração da biblioteca de sua cidade natal, Fuente Vaqueros, em Granada, na Espanha. “(…)“Não só de pão vive o homem”. Eu se estivesse com fome e desamparado na rua, não pediria um pão, mas sim meio pão e um livro. E daqui eu critico violentamente aqueles que só falam de reivindicações econômicas sem citar jamais as reivindicações culturais, que é o que as cidades clamam aos gritos(…)”. Leia o texto na íntegra, clicando aqui.

Comments are closed.